Arautos d'El-Rei | Alemanha: Graves sinais de declínio, insegurança e desordem
911
post-template-default,single,single-post,postid-911,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,vss_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
Jovem alemã agredida por muçulmanos

Alemanha: Graves sinais de declínio, insegurança e desordem

Até há pouco tempo, ALEMANHA era sinónimo de riqueza, poder, prosperidade, trabalho, organização, segurança, etc. Mas depois da grande invasão de “refugiados” ocorrida durante o ano de 2015, a situação começou a mudar drasticamente. Apesar da censura exercida pelos mais importantes meios de comunicação (manipulação) social, sabe-se que a vida dos alemães tem sido profundamente alterada em diversas localidades.

Jovem alemã agredida pelos muçulmanos em Stuttgart, na noite de fim de ano 2015/2016. (Fonte: Revista Amálgama online)

Por exemplo, há escolas onde os muçulmanos são maioria, exercendo bullying e violência sobre as crianças alemãs. Há localidades que não podem mais beneficiar de certas infra-estruturas sociais, tais como ginásios, pavilhões multiusos ou parques, porque foram cedidos para alojar os “refugiados”. Há centros de saúde que estão superlotados e que não dispõem de pessoal suficiente para atender a todos os doentes.
Mas o pior de tudo é a insegurança. Sobretudo desde a noite de 31 de Dezembro, marcada pelos crimes ocorridos em Colónia, continuam a aumentar as agressões de muçulmanos às mulheres e raparigas alemãs. O vídeo que
aqui apresentamos é apenas uma amostra da transformação que está a operar-se na primeira potência económica da Europa, graças à política suicida de acolhimento de multidões que são manifestamente hostis à nossa Civilização e aos nossos Valores.
E como se isso não bastasse, a Polícia tem ordens para não agir contra os agressores, desfavorecendo assim os próprios alemães…



Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close