Arautos d'El-Rei | Em nome da Pátria
514
post-template-default,single,single-post,postid-514,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,vss_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive
Em nome da Pátria

Em nome da Pátria

Portugal, o Ultramar e a Guerra Justa

50 anos depois de ter deflagrado a Guerra do Ultramar (1961-2011) a opinião pública portuguesa continua dividida e mal informada sobre as razões que nos envolveram em tal conflito. Essa divisão e essa má informação já vêm dos tempos do Governo de Marcelo Caetano, mas agravaram-se profundamente depois de 1974, em decorrência da intensa campanha de “mentalização” promovida pelos partidos de esquerda que passaram a controlar o Poder político. “Em nome da Pátria – Portugal, o Ultramar e a Guerra Justa” aborda os temas da sustentabilidade das operações militares e das razões que levaram à desistência nacional de prosseguir o combate, quando afinal ele estava praticamente ganho no terreno. Mas neste notável contributo para a História Contemporânea de Portugal, o Autor – Ten.Coronel Brandão Ferreira (Piloto-Aviador) – aborda sobretudo as questões da justiça e do direito da guerra que  tivémos de sustentar para defender as nossas Províncias Ultramarinas.

Autor: João José Brandão Ferreira (Ten.Coronel Piloto-Aviador Ref.)
Título: Em nome da Pátria
Editora: Livros d’Hoje, Lisboa, 2009, 588 págs.
ISBN: 978-972-20-3335-0



Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close