Arautos d'El-Rei | Mais crianças cristãs barbaramente decapitadas pelos carrascos do chamado Estado Islâmico
870
post-template-default,single,single-post,postid-870,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,vss_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
Católicos perseguidos

Mais crianças cristãs barbaramente decapitadas pelos carrascos do chamado Estado Islâmico

No passado mês de Setembro de 2015, membros (assassinos) do chamado Estado Islâmico, degolaram mais quatro crianças cristãs que se negaram a perverter-se ao islamismo. O crime ocorreu próximo de Bagdad e foi denunciado pelo cónego Andrew White.

É triste constatar-se que agora ninguém aparece a dizer “je suis chrétien“. Nem o clero católico, nem os políticos, nem as organizações dos “direitos humanos”, nem coisa nenhuma! Quantos bispos já pediram, nas suas dioceses, para que se celebrassem missas pelas almas dessas pobres vítimas inocentes? O próprio Papa Francisco parece mais empenhado em legitimar a homossexualidade do que em pedir ao mundo que ajude e acolha os cristãos perseguidos pelo Islão.
Entretanto, força-se na Europa (supostamente cristã) o acolhimento maciço de refugiados muçulmanos e de terroristas infiltrados, mas não se vê nenhum movimento organizado para acolher os milhares e milhares de cristãos sordidamente perseguidos no Médio Oriente, na África e noutras partes do mundo!
Por este andar, os próximos refugiados, perseguidos e assassinados seremos nós, os cristãos da Europa e das Américas…

Para não chocar a sensibilidade de muitas pessoas, não publicamos imagens de crianças decapitadas com esta notícia, mas quem quiser ter uma ideia da extensão da tragédia, faça uma pesquisa nas imagens do Google por “christian children beheaded“…

Leia mais aqui.