Arautos d'El-Rei | Como a “democracia” vai preparando a ditadura…
852
post-template-default,single,single-post,postid-852,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,vss_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Como a “democracia” vai preparando a ditadura…

Ditadura fiscal em plena “democracia”!

Penas mais suaves para as pessoas que não pagam impostos do que para as que cometem crimes de sangue.
Em entrevista ao advogado e fiscalista Tiago Caiado Guerreiro, o semanário “Sol” revelou alguns “exageros” que comprometem os conceitos de liberdade e justiça desta falsa democracia, “rumo ao Socialismo”, conforme proclama a actual Constituição republicana.

— “O sistema fiscal é excessivamente intrusivo em relação aos cidadãos?” — foi uma das perguntas do semanário. Veja-se a resposta de Caiado Guerreiro:
— “Já passou a fase do intrusivo para a de violação de conceitos fundamentais como o direito à privacidade. […] Trata-se com mais violência contribuintes que não pagam impostos do que pessoas que cometem crimes de sangue. Não podemos transformar todos os portugueses em criminosos e instaurar milhares de processos-crime por ano. […] Em Portugal somos vistos não como cidadãos mas como máquinas de produzir receita fiscal, em que o único interesse é gerar dinheiro para o Estado.” (“Sol”, 31-7-2015).

 

NR: Os destaques gráficos são da responsabilidade da nossa Redacção.