Arautos d'El-Rei | Os gastos imorais e absurdos da República no dia do seu Centenário
380
post-template-default,single,single-post,postid-380,single-format-video,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,vss_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Os gastos imorais e absurdos da República no dia do seu Centenário

Na pior e mais grave crise económica da nossa História, a República comemorou o seu Centenário com gastos imorais e absurdos… Para quê?
– Para celebrar o assassinato do Rei D. Carlos e do Príncipe Real D. Luís Filipe?
– Para comemorar a sua imposição através de um golpe de Estado e da expulsão da Família Real?
– Para celebrar a perseguição à Igreja?
– Para recordar os 48 anos de regime salazarista?
– Para comemorar o golpe “libertador” de 25 de Abril de 1974 e os longos anos de guerra civil, devastação e pobreza em que ele lançou as nossas Províncias Ultramarinas?
– Para saudar a “democracia” e a “liberdade” consignadas nas Constituições que proibiram sempre a alteração da forma republicana de governo?
– Para festejar a crise económica, o desemprego e a corrupção nos mais altos cargos públicos?…

Veja mais neste vídeo…